Deixe o cachorro ser o melhor amigo do seu coração

filhotinhos-de-caesMeu melhor amigo de quatro patinhas chama-se Bruce e é um lindo jovem senhor yorkshire. A presença dele na nossa família, além de ser uma alegria, faz com que todos se mexam, pelo menos em 3 ou 4 momentos do dia.

Um artigo recente da American Heart Association deu um excelente reforço positivo para essas atividades com o cachorro no que diz respeito a diminuição do risco cardiovascular.

Estudos que relacionam melhor qualidade de vida a convivência com animais de estimação não são novidade. A grande noticia, entretanto, é que um grupo de especialistas da American Heart Association, com base nas evidências disponíveis, pode afirmar com segurança que “ter um animal de estimação, em particular um cachorro, diminui o risco cardiovascular”.

O motivo

dog fit

 

Donos de cachorros vivem mais do que donos de gatos e a razão pode ser porque os cãezinhos naturalmente obrigam seus donos a serem mais ativos. As evidências mostraram que os donos de cachorros realmente são mais inclinados a se exercitarem, tem melhores níveis de colesterol, melhores níveis de pressão arterial, além de serem menos vulneráveis aos sinais físicos de stress, sendo consequentemente, menos propensos a ataques cardíacos. Que demais!

Outra teoria, esta do Dr Lee, cardiologista e professor de medicina da Harvard Medical School considera que é possível que pessoas saudáveis, que já adequaram seu estilo de vida a um padrão melhor, sejam mais propensas a terem cachorros como animais de estimação.

O grupo de especialistas da American Heart Association não excluiu essa hipótese, mas ainda assim, os especialistas recomendam: tenham cachorros! O artigo original você pode ler aqui .

Apenas ter um cachorro não fará de você uma pessoa mais saudável

Sejamos realistas, apenas possuir um bichinho não fará de você um atleta. Você vai precisar cultivar essa relação para poder se beneficiar dela.

Adotar um cãozinho, por exemplo, pode fazer de você uma pessoa mais ativa e mais feliz, mas, ainda assim, de maneira nenhuma, esse pode ser o seu objetivo principal ao comprar ou adotar um animal.

Eles precisam de cuidado, atenção, amor, carinho, proteção. São TUDO de bom, mas viver com eles é uma relação de troca, então pense bem e esteja certo de que está disposto a fazer a sua parte de maneira responsável.

Se depois de pensar você estiver decidido, vá em frente! Você vai ter um amigão dos mais leais e ainda vai viver mais e melhor!

Obrigada, Bruce!! 😉

IMG_1183

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Informações sobre adoção responsável:

http://www.queroumbicho.com.br/

http://www.centrodeadocao.org.br/

http://www.clubedosviralatas.org.br/

Mari Liborio, enfermeira, mestre em Ciências da Saúde e especialista em Controle de Infecção.