Descubra por que o álcool pode deixar você feio

Você chegou inteiro e sem ressaca na quarta feira depois do carnaval? Ponto pra você que teve juizo e não saiu por aí bebendo até cair. Isso porque o álcool, além de prejudicar sua saúde e te deixar de ressaca, pode fazer mal pra sua beleza! Pois é.

O efeito do álcool sobre a pele parece muito com o efeito que ele tem sobre o nosso organismo: ele rouba líquido nos deixando desidratados.  Tomar bebidas alcoólicas faz com que a produção de um hormônio chamado vasopressina seja diminuída e, com isso, sem a ação anti-diurética dele, seus rins vão funcionar como loucos. Isso explica tantas idas ao banheiro, já que seu organismo vai mandar toda a água para a sua bexiga e não para o restante do corpo.

Poster alertando sobre o consumo excessivo de álcool por mulheres britânicas. (London, 2008)

Tradução: Se você beber como um homem pode acabar parecendo um.
Poster alertando sobre o consumo excessivo de álcool por mulheres britânicas. (London, 2008)

 

Com a desidratação causada pelo álcool, a pele fica muito mais sujeita a rugas. Esse efeito também é ocasionado pelo cigarro, leia aqui, imagine então quando os dois estão associados… Uma bomba na sua pele de pêssego.

Outro aspecto do álcool é a capacidade que ele tem de roubar algumas vitaminas do seu corpo, a exemplo da vitamina A que é essencial para a renovação celular. A privação de nutrientes importantes e a desidratação podem ser evidenciadas por uma pele seca, aparência cansada e inchada. Esse inchaço dos tecidos é uma estratégia do corpo de poupar aquilo que está faltando, no caso, água.

A vasodilatação causada pelo álcool pode contribuir para o aparecimento de vasos sanguíneos visíveis na face e manchas vermelhas permanentes na pele. Outro órgão que também sofre com o consumo excessivo de bebida alcoólica é o cabelo. Ele também desidrata assim como a pele e o restante do corpo, tornando-se quebradiço e sem vida.

A verdade é que o álcool pode provocar sérios efeitos colaterais na sua saúde e na sua beleza, além de ser calórico, contribuindo muito para o ganho de peso. Pense e valorize os pequenos sinais que o seu organismo dá.

poster_from_postermywall

Mari Liborio, enfermeira, mestre em Ciências da Saúde e especialista em Controle de Infecção.