Glúten e Enxaqueca podem ter tudo a ver, sabia?

Copy of Untitled design (1)Todos nós lidamos com situações de stress regularmente. É o mal do século. Mas, imagine somar ao stress nosso de cada dia dores lancinantes de cabeça? É assim a vida de quem sofre de enxaqueca. Durante as crises, qualquer mínima luminosidade, qualquer pequeno ruído, qualquer movimento com olhos serão entendidos pelo cérebro como um ataque inimigo que nos deixa paralisados.

Já vivi essa história bem de perto e descobri, depois de muitos anos e de muitos tratamentos preventivos sem sucesso, que havia associação entre a ingestão de glúten e a ocorrência das crises de enxaqueca. E eu não fui a única.

Já são conhecidos alguns gatilhos responsáveis por desencadear crises, ainda que seja difícil identifica-los caso a caso. Os mais conhecidos são queijos, cafeína, chocolate, bebidas alcoólicas, stress. Mas o glúten, esse dificilmente é lembrado.

 

Glúten

O glúten é uma proteína encontrada em grãos de trigo, cevada e centeio. A aveia, naturalmente não contem glúten, entretanto é contaminada no plantio, colheita ou processamento com a proteína contida no trigo. Aproximadamente, uma em cada 100 pessoas sofre de um distúrbio chamado doença celíaca onde o glúten causa danos importantes ao intestino e sintomas nele e em outros orgãos.

Em indivíduos sensíveis, o glúten pode causar um processo inflamatório no sistema nervoso central que induz a crise de enxaqueca, além de outros sintomas neurológicos (aqui).

Sensibilidade ao Glúten Não Celíaca

A Sensibilidade ao Glúten não Celíaca é uma forma de intolerância ao glúten presente nas pessoas em que a doença celíaca foi excluída. O diagnóstico da doença celíaca se dá através de alterações histopatológicas do intestino (biópsia intestinal) e testes de pesquisa do anticorpo AAT e AAE. Nas pessoas com Sensibilidade ao Glúten Não Celíaca, estes exames são negativos.

Essa condição pode ser o fator que desencadeia a crise de enxaqueca.

Tratamento

Ainda que seja difícil afirmar previamente se a enxaqueca é desencadeada pelo glúten, para quem sofre da doença é muito fácil afirmar se melhorou das crises ou não. Sendo assim, considerando minha própria experiência e muitos artigos científicos  já disponíveis, uma dieta isenta de glúten (uma dieta isenta de produtos de trigo, cevada, centeio e aveia), pode realmente acabar com as enxaquecas quase completamente. Eu falo “quase completamente” porque, principalmente nas mulheres, alterações hormonais também podem desencadear crises.

VIVA SEM GLUTEN

Exige um certo esforço, porque é incrível a onipresença do trigo nos produtos industrializados, mas eu garanto: vale a pena!

Receitas sem glúten

Rio Sem Glúten

All Recipes

Fenacelbra 

Sites de interesse:

Acelbra

Associação Portuguesa de Celíacos

Mari Liborio, enfermeira, mestre em Ciências da Saúde e especialista em Controle de Infecção.